domingo, 30 de novembro de 2008

Canelas de Aço no passeio em Penedo

O 2º encontro dos esportistas foi ótimo, quem não foi.....perdeu. Choveu a noite inteira e também durante boa parte da manhã, perdi a hora e levantei um pouco tarde, quando acordei estava chovendo bem fraco e já estava parando, mas mesmo assim achei que o passeio seria cancelado, mas resolvi arriscar e como a chuva tinha estiado peguei minha bike e segui para o Penedo. Lá chegando para minha surpresa e alegria ,já haviam muitos bikers aguardando, fui recebido pelo Torres e sua esposa Alice, que disseram que estavam estranhando minha demora, visto que haveria lama no percurso e com certeza eu não poderia perder. Dos Canelas de Aço compareceram o Nikson, Jorge e Fernando (aquele do primeiro passeio, foi ele que me apresentou aos canelas). Quase na hora do início do passeio o tempo foi melhorando, a garoa parou e o céu se abriu um pouco e assim semanteve durante todo o passeio, não tomamos nem uma gota de chuva sequer, o que comfirma minhas suspeitas de que São Pedro é mesmo um amigão do Torres. Os canelas preferiram fazer o passeio mais cascudo ao invés do light, pois estamos com um bom preparo físico e também o visual seria mais bonito. O Torres preferiu fazer o passeio light. Começamos o passeio e logo de cara já nos deparamos com um subidão medonho, foi uma subida bem cascuda, mas conseguimos chegar no topo muito cansado e com as pernas doloridas, mas nossa felicidade durou muito pouco, pois logo constatamos que haviam muitas outras. Essas outras subidas eram em uma estradinha de terra e eram super íngremes e também muito escorregadias, tinha certos trechos em que a bike quase empinava além disso parecia que a estradinha estava ensaboada de tão lisa que estava e foi aí que muitos bikers derraparam e caíram, foram eles: Paulo Cardoso(2 tombos), Jorge (2 Tombos), Márcia (1 Tombo) e Rafael (1 Tombo) e isso sem contar os que não ví, mas foram todas quedas de pouquíssima gravidade e na mesma hora os bikers já estavam de volta ao passeio. Quase no fim das subidas a bike do Carlão arrebentou a corrente, ele consertou, e logo em seguida arrebentou denovo, mas deu um jeito na corrente e o Carlão pode completar o passeio tranquilamente. Enfrentamos todas as subidas com garra e determinação e logo chegamos no alto do Penedo , onde vimos que nossos esforços valeram a pena pois o visual mesmo com o tempo nublado era lindíssimo, paramos para descansar um pouco e tiramos belas fotos. A partir desse ponto tudo foram flores, era só descida (huuuuummm que delícia), lavamos a alma, mas eu fiz a descida um pouco devagar e bem cauteloso (Por causa do tombo na capelinha), é........gato escaldado ....tem medo de água fria. Descemos numa boa, passamos pelas 3 bacias, cachoeira de Deus e Três cachoeiras (só passamos, não paramos), foi tudo bem, só em certo trecho é que fomos importunados por uns cachorros bem chatos, mas só latiram , não morderam ninguém e um deles por pouco não foi atropelado pela bike do Fernando. Passamos pelo centro do Penedo, que estava bem movimentado e logo chegamos no final do passeio (no Pénoar), descansamos um pouco e em seguida fizemos o já tradicional brinde das bananas, conversamos um pouco com os amigos e em seguida nos despedimos de todos e voltamos para casa, super cansados, mas felizes e já pensando no próximo passeio. Agradecemos ao Torres e demais dirigentes da Acran e em especial ao Jerônimo, Márcia e Rafael que foram nossos guias no passeio , também agradecemos a todos os participantes, foi muito bom passear com vocês. Tchau abcs. a todos..
Ass. Jorge
Passeio Organizado pela ACRAN
(Associação de Ciclismo da Região das Agulhas Negras)
Confiram mais fotos aqui:

2 comentários:

Michel Schanuel Girardi disse...

Mais uma vez eu vejo as fotos aqui no blog e me arrependo amargamente por não ter ido...

Abraço a todos os Canelas!

Nikson disse...

Eu te chamei pra me acompanhar até Penedo, mas vc preferiu ir pra Santa Rita de Jacutinga!!